Isidro e Pessoa (divulgação)

Como foi antecipado pela coluna Vertical S/A do O POVO, Isidro Moraes de Siqueira e Fernando Passos são os novos diretores do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Funcionários de carreira, eles tiveram a indicação do Ministério da Fazenda ratificada pelo Conselho de Administração do banco e tomaram posse ontem à tarde. Além disso, houve uma troca de diretoria. Luiz Carlos Everton de Farias sai do comando da Diretoria de Controle e Risco, para assumir a Diretoria de Administração de Recursos de Terceiros.

 Passos, que será o mais novo diretor da história do BNB, entrou no banco em 2001, como trainee, tendo assumido várias funções na gestão passada. Há dois anos, era o superintendente Financeiro e de Mercado de Capitais do banco. Ele substitui Oswaldo Serrano, funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal, assim como o presidente Jurandir Santiago.

Sobre os planos para os próximos quatro anos, Passos disse que é trabalhar focado nos programas do Governo Federal. “Principalmente nas ações voltadas para fortalecer a atuação do banco como agente do governo federal para o desenvolvimento da Região Nordeste com foco na geração de emprego e renda e, especialmente, o Programa Brasil Sem Miséria”, completa. Para ele, o banco não passa por uma reestruturação mas inicia uma nova etapa.

Admitido no BNB em 1985, Isidro Moraes assume o cargo de diretor de Controle e Risco com a bênção do líder do governo na Câmara Federal, deputado José Nobre Guimarães (PT-CE). Foi responsável pela implantação de diversos sistemas da instituição, com treinamento em serviço em mais de 130 agências. Exerceu funções gerenciais em várias agências do BNB, até ser nomeado superintendente estadual do BNB no Maranhão e posteriormente no Ceará, cargo que ocupava até ontem.

Luiz Carlos Everton de Farias, que deixou o comando da diretoria de Controle e Risco, para assumir a diretoria de Administração de Recursos de Terceiros, é um nome do senador petista e ex-governador do Piauí, Wellington Dias. Também é ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Ingressou no Banco do Nordeste há 28 anos.

A atual diretoria do BNB tem como presidente Jurandir Vieira Santiago. Os outros diretores,além de Isidro Moraes e Fernando Passos, são Paulo Sérgio Rebouças Ferraro (Negócios), Luiz Carlos Everton de Farias (Administração de Recursos de Terceiros), José Sydrião de Alencar Júnior (Gestão do Desenvolvimento e Stélio Gama Lyra Júnior (Administrativo e de Tecnologia da Informação).

 Saiba mais

Isidro Moraes de Siqueira é formado em Administração de Empresas e com MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem 59 anos e nasceu em Mauriti (CE)

Fernando Passos tem 29 anos, é advogado, com MBA em direito empresarial e econômico e em Finanças Corporativas e Mercado de Capitais.

(O Povo Online)