A negociação entre os bancários e o BNB para discutir as reivindicações específicas do funcionalismo, marcada para esta sexta-feira, dia 14, foi adiada pelo banco para segunda-feira, dia 17, às 14h.

A justificativa do banco para adiar a retomada das negociações foi de que a direção da empresa quer aguardar uma definição das discussões da pauta geral dos bancários com a Fenaban.

Segundo Alan Patrício, diretor do Sindicato e representante dos bancários de Pernambuco na Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, a expectativa é de que a reunião de segunda-feira traga avanços para a pauta específica.

“Mas, para conquistarmos as nossas reivindicações, é necessário que todos os funcionários do BNB fortaleçam a greve nesta segunda-feira para pressionarmos o banco na mesa de negociações”, diz Alan.

A pauta de reivindicações dos bancários do BNB tem 76 cláusulas. Entre os pontos de destaque, alguns são pendências que se arrastam há anos. Os funcionários querem, por exemplo, a volta da licença-prêmio; isonomia de tratamento; transparência nos processos internos de concorrência; revisão do PCR (Plano de Carreiras e Remuneração).

SEEC-PE

 

Anúncios