As adesões à greve dos bancários aumentam todos os dias na base de Campo Grande, que também inclui algumas cidades da região. Segundo a presidente do sindicato regional, Iaci Azamor, 86 agências estão paradas de um total de 146, até este momento.

Ontem (04) os bancários fizeram um “piquete de convencimento” nas portas das agências do Banco do Brasil. De acordo com Iaci, “a intenção era mobilizar os funcionários comissados, o que foi alcançado, já que mais 50 bancários aderiram à greve”.

As agências do Banco do Brasil na Avenida Afonso Pena, Rua 13 de Maio e Jardim dos Estados que ontem ainda permaneciam abertas, hoje já estão com os atendimentos paralizados.

A presidente do sindicato regional acredita que até o fim da semana haverá alguma negociação. “O Comando Nacional dos Sindicatos dos Bancários está em São Paulo e eu devo ir para lá na próxima madrugada”, explica.

As reivindicações são: reajuste salarial de 12,8%, participação nos lucros, maior contratação de funcionários, não demissão sem motivos e combate ao assédio moral.

(Correio do Estado)

Anúncios