Um vídeo mostra parte da confusão entre um promotor de Justiça e um advogado, durante sessão de julgamento no Fórum Criminal Central Ministro Mário Guimarães, em São Paulo. As imagens captaram troca de ofensas entre acusação e defesa, e depois mostram que um partiu em direção ao outro, para agredi-lo.

De acordo com a ata lavrada pela juíza da sessão, Patrícia Inigo Funes e Silva, o promotor Fernando Albuquerque Souza agrediu moral e fisicamente o defensor Claudio Márcio de Oliveira. Mas a câmera estava fixada no rosto do réu, e o vídeo captou apenas o som da troca de ofensas entre os dois. Mostra que o promotor foi para cima do advogado depois de ouvir xingamentos direcionados à sua mãe.

Os dois começaram a discutir por causa da forma com que o promotor se dirige ao réu, questionando a veracidade de seu depoimento. O advogado, então, questiona o fato de a juíza não ter se manifestado, ao que o promotor chama o defensor de “bandido” e o acusa de ter ligação com a facção criminosa PCC. É aí que começa a briga, conforme o vídeo abaixo, gravado no dia 22 de setembro:

(Consultor Jurídico)

Anúncios