A greve dos bancários chegou ao terceiro dia nesta quinta-feira e com um número maior de adesões à paralisação. Foram 7.672 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados em 25 Estados e no Distrito Federal, segundo balanço realizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Em relação ao primeiro dia de greve, houve um aumento de 3.481 unidades.

Nesta sexta-feira a greve continua e, a partir das 15h, os bancários promovem uma passeata em conjunto com os trabalhadores dos Correios – que também estão em greve- pelas ruas do centro velho de São Paulo. A concentração será na rua Líbero Badaró, próximo à avenida São João. Os bancários entraram em greve por tempo indeterminado após a quinta rodada de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), ocorrida na última sexta-feira, em São Paulo. Os trabalhadores rejeitaram a proposta de reajuste de 8% sobre os salários. Os bancários reivindicam reajuste de 12,8%.

(Portal Terra)

Anúncios