Morreu na noite desta terça-feira (28), em São Paulo, o músico Edson “Redson” Pozzi, guitarrista e vocalista do grupo punk Cólera, um dos mais importantes do cenário brasileiro. Apesar de poucos detalhes divulgados, a informação é a de que Redson teria sofrido uma parada cardiorrespiratória.

A notícia da morte foi dada na comunidade da banda no Orkut pelo baixista Val Pinheiro: “lamento informar a todos os nossos amigos, fãs e família que o nosso principal membro da banda Cólera, Redson, faleceu hoje, deixando um legado incalculável em nossas vidas”. No Twitter, o músico João Gordo, da banda Ratos de Porão, lamentou a morte do músico. “É com lágrimas nos olhos que recebo a notícia da morte prematura do maior ícone do punk brasileiro. Descanse em paz, Redson. É uma perda irreparável, estou chocado”, escreveu.

Formado em 1979 por Redson e seu irmão Carlos “Pierre” Lopes Pozzi, o Cólera é considerado um grupo seminal do punk no Brasil, com os álbuns “Tente Mudar o Amanhã” (1984) e “Pela Paz Em Todo Mundo” (1986) sendo dois dos principais discos do gênero no país. O grupo se caracterizava por sua mensagem pacifista e de caráter muitas vezes ecológico, algo que o diferenciava de nomes como Inocentes, Olho Seco e Ratos de Porão. Lançado em 2004, “Deixe a Terra em Paz!” é o sexto e mais recente álbum do Cólera.

(Portal Uol)

Anúncios