Jogadores russos criaram uma federação de esportistas LGBT que já conta com cerca de 300 atletas.

“Muitas pessoas em nosso país têm medo de quem faz parte do grupo LGBT, alguns inclusive nos odeiam abertamente. Queremos demonstrar que, além de manifestações de orgulho gay, há outras coisas que podemos fazer, como por exemplo praticar esporte”, afirmou a Federação de Esporte LGBT, em comunicado.

“O objetivo da federação é o de estimular a criação de clubes esportivos e competições no país onde possamos fazer esporte em um clima cômodo para nós”, explicou a nota.

 Segundo a organização, na Rússia, existem mais de dez clubes para homossexuais, que praticam futebol, vôlei, basquete, badminton, tênis, patinação no gelo e dança de competição.

 A federação realizará, entre os dias 23 e 25 deste mês, o primeiro festival para atletas LGBT, em São Petersburgo, na Rússia.

 CenaG