SÃO PAULO – A Policia Civil identificou um dos responsáveis pelo roubo de caixas de valores em um banco da avenida Paulista. É o cabeleireiro Francisco

Rodrigues dos Santos, o Chico, de 45 anos. Ele esta foragido, mas integrantes do Grupo de Combate a Facções Criminosas do Deic (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado) prenderam o

irmão do suspeito, o pedreiro Marco Antônio Rodrigues dos Santos, de

29, na Zona Norte.

O detido revelou que guardava jóias, pedras preciosas, e libras esterlinas, levadas do cofres, na casa da namorada em Embu das Artes, na Grande São Paulo. O material, mais uma picape GM Montana e uma máquina de cortar metal acabaram apreendidos. A ação aconteceu na noite desta quinta-feira.

A equipe do GCF identificou Chico durante as investigações. As informações permitiram chegar até o irmão do suspeito. Ele foi abordado na rua Silvano de Almeida, Vila Siqueira. O pedreiro ocupava a Montana. Entre uma e outra justificativa, Santos revelou que o veículo, recém comprado era de Chico.

O pedreiro permitiu a entrada no imóvel. Os policiais encontraram cédulas de libra esterlina. Santos confessou que o dinheiro tinha sido entregue pelo irmão e revelou onde estaria outras coisas deixadas pelo parente. A equipe rumou para a rua Liberty, bairro Santa Teresa, em Embu das Artes.

Na casa, mais exatamente embaixo do sofá, estava um pacote contendo £

10.840, as jóias e pedras preciosas. Em um quarto encontraram uma máquina de cortar metais chamada corte plasma. Santos revelou que tudo era de Chico. Também esclareceu ter comprado a picape com dólares trazidos pelo irmão.

Santos foi autuado por receptação e formação de quadrilha.

(O Globo Online)