Um incêndio misterioso de grandes proporções destruiu cerca de 20 veículos na noite de ontem, em Fortaleza. As chamas tomaram contra da garagem de uma empresa de revenda de ônibus de nome “Ponto do Ônibus”, situada na BR-116. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não houve feridos. As causas do incêndio estão sendo apuradas. Entre os veículos atingidos, além de ônibus, algumas pickups.

Segundo o major Clécio Ferreira, controlador de Serviços dos Bombeiros, as chamas foram contidas por volta das 23h30min. “Após a conclusão da ação dos bombeiros para conter o incêndio, também foi feito um trabalho de rescaldo”, explicou o major. Ainda segundo o controlador, foram necessárias, para conter o fogo, “três auto-bombas e dois auto-tanques, além do trabalho de 25 homens”.

Desespero

 Segundo policiais da Polícia Rodoviária Federal, o incêndio começou por volta das 21horas e se alastrou rapidamente entre os veículos situados no local.

O proprietário da revenda, Valmir Pereira, chegou ao local no final da ação dos bombeiros. Segundo seus familiares, o incêndio foi alertado pela vizinhança, que também acionou o Corpo de Bombeiros. Contudo, eles afirmaram não saber a origem do fogo.

Durante a ação dos Bombeiros, familiares do proprietário do estabelecimento tentavam retirar os carros que ainda estavam dentro da garagem. A aflição era tamanha que eles não conseguiram falar com a reportagem do O POVO.

O filho do proprietário tentava tirar diversos veículos juntamente com a ajuda de alguns moradores do local. Alguns veículos, contudo, não puderam ser retirados, sendo consumidos pelo fogo. 

ENTENDA A NOTÍCIA
Devido à proporção e às circunstâncias do incêndio, há a possibilidade de se tratar de um ato criminoso. Contudo, somente após a perícia será possível estabelecer o real motivo do desastre de ontem.

(Roberta Arrais – O Povo Online)