Se você é professor e tem um projeto de extensão universitária voltado para o desenvolvimento de comunidades pobres, não pode perder a chance de participar da 14ª edição do Prêmio Santander Universidade Solidária. Propostas voltadas para a reciclagem de resíduos sólidos e educação ambiental; processamento de alimentos orgânicos, artesanato ou turismo ecológico são exemplos de ações apoiadas em 2011.

Os oito melhores projetos sob o tema “Desenvolvimento sustentável com ênfase em geração de renda” serão premiados com R$ 50 mil cada – destinados à execução – e terão acompanhamento técnico do UniSol e do Banco Santander durante 12 meses. Nesta edição, os quatro selecionados nas modalidades que compõem a premiação concorrem ao Prêmio Ibero-Americano de Inovação e Empreendimento, com uma premiação total de 100 mil euros na fase final.

Parceiros há 16 anos, UniSol e Banco Santander promovem a integração entre o conhecimento gerado nas Instituições de Ensino Superior (IES) e os saberes populares, estimulando a atitude empreendedora e a responsabilidade social de futuros profissionais em prol de ações voltadas para o fortalecimento socioeconômico de pequenas comunidades de todo o Brasil.

“A metodologia utilizada pela equipe do Prêmio Santander Universidade Solidaria é muito eficiente, mostra-se sensível às dificuldades de cada projeto, valorizando as diversidades, e não estabelece comparação entre os diferentes projetos contemplados; não busca resultados pelos números, mas pela importância social que se pode vislumbrar a curto, médio e longo prazos”, diz a professora Ana Cristina Belarmino de Oliveira, da UFAM, vencedora das edições de 2007 e 2009.

Faça como a professora Ana Cristina! Participe você também dessa rede que já beneficiou direta e indiretamente 7.176 pessoas, mobilizou 116 IES, além de 1.675 estudantes e 285 professores participantes. Acesse o site do UniSol e saiba mais sobre o Prêmio. As inscrições vão até o dia 13 de setembro.

(Portal Bagarai)

Anúncios