O cientista Randy Lewis, da Universidade Estadual de Utah, nos Estados Unidos, e a artista holandesa Jalila Essaidi criaram uma mistura de seda com pele humana, capaz de resistir ao disparo de balas.

Bichos-de-seda foram geneticamente manipulados para produzir a seda típica de teias de aranha, que é bastante resistente. A nova invenção foi testada com projéteis calibre 22, e mostrou ser resistente. Apesar de as balas terem penetrado as camadas da “pele”, elas não conseguiram perfurá-la.

Lewis crê que a seda produzida pelas aranhas possa, futuramente, auxiliar na criação de tendões e ligamentos.

(Portal do Sidney Rezende)