São Paulo – Uma empresa de consultoria psicométrica liberou um relatório onde afirma que a maioria dos usuários do Internet Explorer (IE) possuem um QI abaixo do normal.

O estudo “Quociente de Inteligência e uso de Navegadores”, desenvolvido pela AptiQuant, conduziu um teste para medir os efeitos das habilidades cognitivas no uso e escolha do navegador web.

A empresa utilizou uma pesquisa online gratuita para testar o QI de mais de 100 mil internautas com mais de 16 anos e tirou a média com base no navegador usado por eles.

E o IE 6 obteve os piores resultados, ficando abaixo da média, atingindo 80 pontos (similar ao obtido pelo IE 7). Já as versões IE8 e IE9 registraram QI de 90 pontos.

Os usuários dos navegadores Chrome, Firefox e Safári ficaram um pouco acima da média, entre 100 e 120 pontos. Já os que utilizam os browsers Camino, Opera e IE com Frame Chrome obtiveram níveis altos de QI, acima de 120 pontos.

Segundo a empresa, uma das justificativas é que o IE é tradicionalmente considerado por desenvolvedores um dos navegadores mais atrasados de utilizar. E que o contínuo uso de versões antigas do IE pelos internautas atrasa os trabalhos desses programadores web e a inovação de funcionalidades.

“Recentemente browsers de código aberto, como Firefox e Chrome, ganharam fatias de mercado antes dominado pelo IE. E estes navegadores não apenas oferecem uma melhor performance, como também possuem uma compatibilidade superior com os padrões do W3C”, afirma o relatório.

(Info Exame)

Anúncios