Há muitos anos, os cientistas perceberam que o formato da Terra, achatado nos polos, vinha sofrendo alterações, tornando-se mais arredondado

São Paulo – Uma nova análise da Terra revelou por que nosso planeta está perdendo a “cinturinha”. O aumento das medidas terrestres na região equatorial é causado principalmente pelo derretimento do gelo na Groenlândia e na Antártida, de acordo com cientistas da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos. As duas regiões polares perdem juntas ao ano 382 bilhões de toneladas de gelo, que, derretido, segue em direção às áreas equatoriais e modifica a distribuição de massa na Terra, aumentando o “pneuzinho” do planeta. A conclusão dos pesquisadores americanos coloca fim a um mistério que já durava duas décadas.

São Paulo – Uma nova análise da Terra revelou por que nosso planeta está perdendo a “cinturinha”. O aumento das medidas terrestres na região equatorial é causado principalmente pelo derretimento do gelo na Groenlândia e na Antártida, de acordo com cientistas da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos. As duas regiões polares perdem juntas ao ano 382 bilhões de toneladas de gelo, que, derretido, segue em direção às áreas equatoriais e modifica a distribuição de massa na Terra, aumentando o “pneuzinho” do planeta. A conclusão dos pesquisadores americanos coloca fim a um mistério que já durava duas décadas.

(Exame)