O Comitê Organizador Local (COL) da Copa da Fifa de 2014 fez nesta sexta-feira uma apresentação das 12 sedes para a imprensa nacional e internacional, que está no Rio de Janeiro para acompanhar o sorteio preliminar do mundial.

O evento acontece no sábado e vai definir os grupos das equipes para a disputa das eliminatórias na Europa, Ásia, Oceania, América Central e Caribe. No total, 166 nações participarão da etapa inicial e apenas 32 virão ao Brasil para a fase final do mundial. O vice-governador Flávio Arns e o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, acompanham o sorteio junto com a presidente Dilma Rousseff.

A apresentação das sedes contou com a presença do ministro do Esporte, Orlando Silva, do presidente da Confederação Brasileira de Futebol e do COL, Ricardo Teixeira, e de representantes de todas as cidades-sede do mundial. Entre os projetos apresentados, o de Curitiba foi destaque em razão das condições atuais das obras urbanas e do estádio da cidade. “Foi uma ótima oportunidade para mostrar o estágio dos nossos projetos”, afirmou o secretário de Assuntos da Copa 2014, Mario Celso Cunha. Ele destacou que neste momento estão sendo investidos R$ 140 milhões na capital paranaense pela prefeitura e governo estadual. “Ainda aguardamos recursos do PAC da Copa. No total, mundial vai gerar um investimento público de quase R$ 600 milhões no Paraná”, disse ele.

A prefeitura de Curitiba esteve representada na apresentação das sedes pelo secretário municipal da Copa 2014, Luiz de Carvalho. “Este é o evento que dá a largada para a Copa 2014 e a atenção do mundo aumenta em relação ao Brasil. Por isso é fundamental para Curitiba mostrar sua cara e suas qualidades”, destacou Carvalho.

Também foram entregues oficialmente os 12 estandes onde as cidades-sede e estados estão expondo suas riquezas naturais e culturais. O espaço reservado ao Paraná foi aberto pelo ministro Orlando Silva. Segundo ele, a Copa no Brasil deixará uma herança de obras e realizações para o País. “Vamos encantar o mundo. O povo brasileiro é acolhedor e vamos passar uma imagem de um país moderno e democrático”, disse o ministro. O presidente do Comitê Organizador Local, Ricardo Teixeira, afirmou que a realização do sorteio preliminar no Rio de Janeiro significa o primeiro contato real do povo brasileiro com um evento oficial da Copa de 2014. “A Copa irá além das 12 cidades-sede e tomará conta do país inteiro”, afirmou.

(Agência de Notícias do Paraná)

Anúncios