Salvador – Assassinada na noite de ontem em Lauro de Freitas, a jovem Kelly Sales Silva, 22 anos, mais conhecida como ”Kelly Ciclone” ou ”Kelly Doçura”, está sendo sepultada agora à tarde no cemitério de Portão, naquele município da Região Metropolitana de Salvador. Dezenas de populares se deslocaram ao cemitério. Segundo a informações da Central de Polícia, a garota foi morta no município por volta das 00h07.

De acordo com a delegada Cristiane Oliveira, da 23ª Delegacia, a jovem apresentava sinais de espancamento pelo corpo, marca de tiro na costas, além de sinais de esfaqueamento na barriga, e foi encontrada em via pública, próxima ao prédio da Previdência Social. Ela foi vista pela última vez na companhia do namorado, e segundo os pais de Kelly, queria terminar o namoro.

A hipótese de crime passional está sendo investigada pela delegada. Kelly Ciclone ficou conhecida como a “patroa do tráfico”, após ser presa em uma festa em Salvador no bairro da Boca do Rio, apelidada de “festa do pó”, devido ao uso de cocaína pelos seus participantes.

(Jornal da Mìdia)
Anúncios