São Paulo – A Telefónica anunciou, nesta quinta-feira (7/7), que fechou um acordo com os sindicatos da categoria na Espanha e vai demitir cerca de 6.500 trabalhadores nos próximos três anos. Anteriormente, a empresa havia anunciado a demissão de 8.500 funcionários.

A companhia garantirá benefícios aos funcionários que optarem pela demissão voluntária. Funcionários com idade superior a 53 terão também condições especiais.    

As demissões não devem impactar os caixas do governo espanhol, uma vez que a companhia se comprometeu a assumir todos os custos das demissões, como o seguro-desemprego, benefício que caberia ao estado arcar.

A Telefónica também acordou com os sindicatos, nos próximos três anos, de fazer ajustes nos salários dos funcionários baseados no aumento do lucro operacional da companhia.

Segundo o jornal espanhol El País, é estimado um custo de pelo menos 2,6 milhões de euros com as demissões. Anteriormente, com as 8.400 demissões, os gastos deveriam ultrapassar a cifra de 3,4 milhões de euros.

(Portal Exame)