A Polícia Militar prendeu na noite de sexta-feira (24) um noivo que, ao registrar um boletim de ocorrência na delegacia, furtou o carro de uma escrivã e acabou perdendo o próprio casamento.

Segundo a polícia, ele fazia sua despedida de solteiro com amigos em um bar da Vila Alpina, na zona leste de São Paulo, quando avistou um veículo da GCM (Guarda Civil Metropolitana), que passava pelo local. Acenou para que os guardas parassem e disse-lhes que havia sido assaltado.

Foi levado então para o 56º DP (Vila Alpina), para que registrasse o boletim de ocorrência. Após cerca de uma hora de espera, o homem, de acordo com os policiais, viu na delegacia as chaves de um carro. Ele as pegou e furtou o veículo, de propriedade de uma escrivã que estava no DP.

Perto da delegacia, bateu o carro e foi abordado por policiais militares, que, ao verificar as informações do carro, descobriram que ele havia sido furtado.

O homem foi levado de volta ao 56º DP e acabou preso. Perdeu o próprio casamento, que estava marcado para as 10h deste sábado.

A polícia informou que ele justificou toda a confusão dizendo que estava bêbado e fizera uma bobagem. Seu nome não foi divulgado.

(Folha Online)

Anúncios