Rio – Quem disse que tomar a pílula é função apenas das mulheres? Pesquisadores da Universidade de Columbia estão desenvolvendo um novo medicamento contraceptivo para homens sem a necessidade de hormônios esteroides.

Estudos sobre a nova pílula foram publicados na edição deste mês da revista Endocrinology. De acordo com a publicação, camundongos tiveram esterilidade momentânea no tempo em que o composto ingerido interrompeu a associação do ácido retinoico com o receptor da substância.

Se comprovado o efeito da pílula, isto seria um avanço na ciência e nos estudos de prevenção da fertilidade, já que os atuais métodos para homens envolvem hormônios esteróides e, por isso, podem levar a efeitos colaterias, como desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

No momento, pesquisadores ampliam a pesquisa para comprovar seus efeitos em seres humanos e entender quais os riscos de efeitos colaterais que a substância poderia ter.

(O Dia Online)