Brasília – A presidente Dilma Rousseff está estudando a possibilidade de nomear a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, para substituir Antonio Palocci na chefia da Casa Civil, segundo uma autoridade do governo.

Dilma deve esperar até quarta-feira pela posição do Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, sobre as denúncias de aumento do patrimônio pessoal de Palocci no ano passado, antes de tomar uma decisão sobre o futuro do ministro, disse a autoridade, que pediu anonimato por não ser autorizada a falar publicamente sobre o assunto.

Miriam tem o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que chega hoje a Brasília para reuniões, disse a autoridade. Caso a mudança seja feita, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, pode ser indicado para assumir a pasta do Planejamento, disse a fonte.

(Portal Exame)