O “New York Times” nomeou Jill Abramson como sua nova editora executiva, a primeira vez na história do jornal em que uma mulher é escolhida para o mais alto cargo editorial.

Abramson, que é a editora gerente do jornal, vai tomar o lugar de Bill Keller, que passará a escrever para a “New York Times Magazine” e na seção de opinião de domingo do jornal.

O editor gerente assistente e chefe da sucursal de Washington, Dean Baquet, assumirá o lugar de editor gerente.

As duas nomeações entram em vigor em 6 de setembro, anunciou a New York Times Company nesta quinta-feira.

“Bill me procurou algumas semanas atrás e me disse que achava que era chegada a hora de ele deixar o papel de editor executivo”, disse em comunicado o presidente da Times Company, Arthur Sulzberger.

Sulzberger disse que aceitou a decisão de Keller “com emoções ambíguas” e que Abramson é a melhor pessoa para ocupar o cargo.

(PORTAL G1)