O brasileiro Thiago “Pitbull” Alves teve mais uma chance no Ultimate Fighting Championship (UFC) na noite deste sábado em Las Vegas, nos Estados Unidos. Na segunda luta do card principal, ele enfrentou o Rick Story, que vinha de cinco vitórias seguidas. E o norte americano acabou levando a melhor na disputa por pontos. Ele dominou o combate durante os 15 minutos divididos em três rounds e venceu por decisão unânime dos jurados. Foi a segunda derrota brasileira na noite do UFC 130.

Story não dá chances para Pitbull

Thiago começou em desvantagem, depois que Story conseguiu ir para as suas costas. O norte-americano tentava aproveitar a vantagem tentando dar joelhadas na altura da cintura do brasileiro e nas pernas. Depois que Pitbull conseguiu se livrar, Story continuou sem dar sossego, sempre mantendo aproximação e tentando levar ao chão. O dono da casa não queria saber de trocação, enquanto Thiago queria ficar em pé. O brasileiro conseguiu acertar uma cotovelada no último minuto de round, mas levou uma sequência de três socos logo em seguida, no contra-ataque. Nos últimos 30 segundos, uma trocação franca e equilibrada, com o brasileiro conseguindo encaixar bons golpes.

Story começou o segundo assalto da mesma forma que o primeiro, indo para as costas de Pitbull. O brasileiro conseguiu se livrar, mas foi levado para o chão faltando cerca de 3:30 para acabar o round. Logo depois Thiago conseguiu se levantar e levar o americano para o chão, ficando por cima, mas não conseguiu encaixar muitos golpes. Faltando 1:07, Story encaixou um soco e o brasileiro se desequilibrou e caiu, levantando-se rapidamente. O americano dominava o duelo com relativa tranquilidade e terminou o segundo round em vantagem.

O brasileiro começou bem o terceiro round, levando vantagem na trocação com menos de um minuto. Mas, como nos assaltos anteriores, Story voltou a deixar Pitbull contra a grade e administrava a vantagem conquistada durante a luta. Com pouco mais de três minutos de round, Thiago Alves conseguiu se desvencilhar e na trocação encaixou um bom golpe no rosto do americano. Mas foi pouco. Story seguia controlando o combate e saiu com uma merecida vitória.

(Sidney Rezende)