O Corinthians confirmou nesta quarta-feira a venda do atacante Dentinho para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O jogador inclusive já foi liberado para viajar à Ucrânia para realizar exames médicos.

O valor da negociação não foi revelado pelo clube do Parque São Jorge, mas gira em torno dos R$ 15 milhões (aproximadamente 7 milhões de euros).

Revelado nas categorias de base do time alvinegro, Dentinho estava vivendo um período ruim. O jogador vinha sendo substituído com frequência pelo técnico Tite nas últimas partidas.

Com a venda de Dentinho, o Corinthians continua o processo de reformulação no elenco. Na segunda-feira, o clube anunciou os empréstimos do lateral esquerdo Marcelo Oliveira e do zagueiro Diego, que estavam na reserva. O primeiro acertou com o Atlético-PR, enquanto o segundo foi para o Ceará.

Dentinho é o quarto jogador que deixa o clube desde a eliminação da Taça Libertadores da América para o Tolima. Antes, o volante Jucilei e o lateral-esquerdo Roberto Carlos se transferiram para o Anzhi Makhachkala, enquanto Ronaldo anunciou a aposentadoria. O meia-atacante Bruno César já acertou com o Benfica.

William, que também pendurou as chuteiras, e Elias, negociado com o Atlético de Madrid, já tinham deixado o clube no final de 2010.

De acordo com o site oficial do clube, Dentinho foi promovido ao time profissional em 2007. No ano seguinte, caiu nas graças da torcida ao ajudar o time voltar para a Séria A do Campeonato Brasileiro. Ele foi titular da equipe nos títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil-2009, quando formava o trio ofensivo com Jorge Henrique e Ronaldo.

REFORÇOS

Para repor a saída de jogadores, o Corinthians já anunciou oficialmente a contratação do meia-atacante Alex, ex-Spartak de Moscou, e do lateral direito Weldinho, ex-Paulista. O clube deve confirmar ainda hoje a contratação do volante Edenilson, do Caxias.

O time do Parque São Jorge ainda sonha com o meio-campista holandês Seedorf.

(FOLHA ONLINE)