O Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) decretou a prisão do prefeito afastado de Nova Russas, Marcos Alberto Martins Torres, na tarde desta terça-feira, 10. A desembargadora Francisca Adelineide Viana decretou ainda a prisão de 21 pessoas, entre elas, quatro secretários do município.
Desde o dia 18 de abril, Marcos Alberto Martins (PSC) está afastado do cargo, acusado de improbidade administrativa. O vice-prefeito, Paulo César Evangelista (DEM), assumiu a prefeitura, por decisão do presidente do Tribunal de Justiça, José Arízio.
Marcos Alberto Martins recorreu da decisão no Superior Tribunal Federal. No entanto, o presidente do STJ, ministro Ari Pargendler, decidiu, no dia 27 de abril, manter o prefeito afastado do cargo.
Em 13 de dezembro de 2010, Marcos Alberto Martins foi afastado por um dia da prefeitura do município, acusado de desviar R$ 2,6 milhões. Na época, o juiz da comarca de Nova Russas, Daniel Carvalho Carneiro, concedeu uma liminar afastando Marcos Alberto da prefeitura. No entanto, o então presidente do TJ-CE, desembargador Ernani Barreira, cassou a liminar e o cargo foi devolvido ao prefeito.
(O Povo Online)