SÃO PAULO – Dois jovens foram mortos durante assaltos em São Paulo. No Guarujá, um garoto de 14 anos morreu após ser baleado durante um roubo a banco no Guarujá, no litoral paulista. Quatro bandidos invadiram uma agência bancária na Avenida Adhemar de Barros, uma das principais da cidade, por volta das 17h. A agência já estava fechada. Quando os criminosos saíam com o dinheiro, a polícia chegou e começou um tiroteio. O menino, que passava pela rua, foi atingido no abdômen e morreu. O carro utilizado pelos assaltantes foi abandonado próximo à favela Padre Donizete.

Na capital paulista, um rapaz de 21 anos morreu no Sacomã, Zona Sul de São Paulo. Ele foi a um banco na Avenida Nossa Senhora das Mercês, a poucos metros da casa dele, e sacou dinheiro. Quando retornava, foi abordado por dois homens em uma moto, que anunciaram o assalto. A polícia acredita que o jovem, identificado como Christopher Cirilo Assis, reagiu. Ele foi baleado e morreu a caminho do hospital.

Foram registrados também novos ataques a caixas eletrônicos no estado. Bandidos explodiram cerca de seis caixas de uma agência do Banco do Brasil na Avenida Francisco Morato, no Morumbi, nesta madrugada. Os bandidos usavam máscaras. Quando a polícia chegou, carros estavam saindo do local. Ninguém foi preso.

Em Sorocaba, também nesta madrugada, bandidos explodiram o caixa de um banco. Pelo menos seis portas de vidro da agência ficaram estilhaçadas. Uma testemunha ouviu a explosão e se aproximou. Dois homens fugiram em uma moto.

Na terça-feira, um caixa eletrônico foi arrombado com maçarico no campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Botucatu. Os vigias disseram que não perceberam. O sistema de alarme estava desativado.

(O Globo Online)