O humorista e repórter  Danilo Gentili, do CQC, da TV Bandeirantes, foi convidado a se retirar do Senado Federal nesta quarta-feira enquanto gravava para o programa.

De acordo Gentili, o incidente ocorreu após ele abordar o senador Renan Claheiros (PMDB-AL) no elevador e o questionar a respeito de sua nomeação como integrante do Conselho de Ética da Casa. AS informações são do Portal Imprensa.

“Temos autorização pra gravar no Senado, mas após eu pegar elevador com Renan Calheiros e perguntar ‘Ter você como membro do Conselho de Ética é o mesmo que ter Fernandinho Beira Mar no ministério antidrogas’, ele esbravejou, gritou que eu devo respeito e não tenho respeito algum e após isso a polícia nos impediu de continuar gravando no Senado”, relatou o humorista.

Ao Portal Imprensa, a assessoria do gabinete do Senador Renan Calheiros afirmou desconhecer o fato. 

O diretor de jornalismo e assessor de imprensa do Senado Federal, David Emerich, disse que o humorista, assim como sua equipe, foi convidado a se retirar da Casa pois não tinha autorização para filmar no local.

“O ‘CQC’ não tem credenciamento como jornalista, o programa deles não se enquadra como jornalístico, então o pedido de atuação no Senado é excepcional, e, para o dia de hoje, eles não poderiam filmar”, explicou o diretor.

(Jornal do Brasil)

Anúncios