O Ministério Público Estadual liberou na manhã desta quarta-feira, 4, o estádio Presidente Vargas para a partida entre Ceará e Guarani de Juazeiro pela final do Cearense, no próximo domingo. Além disso, o PV está confirmado como palco do jogo entre Ceará e Flamengo pelas quartas de final da Copa do Brasil.

A liberação foi acertada após reunião entre o secretário de esporte e lazer da Prefeitura de Fortaleza, Evaldo Lima, o procurador geral do município, Martônio Mont’Alverne, e o presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio.

De acordo com o secretário Evaldo Lima, o reencontro da cidade com o PV será realizada com segurança para o torcedor. “Com conforto, segurança e acessibilidade, esse reencontro da cidade com seu estádio tem data marcada neste próximo domingo”, enfatiza.

Para o presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio, a reaburtura do PV será “um presente para o dia das mães”. Segundo ele, a liberação do estádio ocorreu depois de “muita luta e de muito trabalho”. 

Novos prazos

O Ministério Público Estadual estabeleceu um novo prazo de 75 dias para que as reformas das tribunas de honra e de imprensa, das cabines de rádio e das cadeiras que ficam na parte elevada do PV sejam finalizadas pela Prefeitura de Fortaleza.

Em 75 dias, o estádio Presidente Vargas passará por nova avaliação. Novos laudos serão feitos e analisados pelo Ministério Público. No entanto, de acordo com Mauro Carmélio, o novo prazo não representa um problema. Segundo o presidente da FCF, a construtora que fez a reforma do estádio garante que, em 60 dias, a reforma estará concluída.

(O Povo Online)