São Paulo – José Alencar nasceu em Muriaé, interior de Minas Gerais em 1931. Autodidata, não chegou a concluir o ginásio, mesmo sendo o primeiro da classe. Empresário de sucesso, começou com uma pequena loja de tecidos em Caratinga, Minas Gerais.

A carreira pública iniciou quando foi eleito presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG). Posteriormente foi vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria.

Candidato às eleições para o governo de Minas Gerais em 1994, disputou em 1998 uma vaga ao Senado Federal, sendo eleito com três milhões de votos. Na Casa, foi presidente da Comissão Permanente de Serviço de Infra-Estrutura, membro da Comissão Permanente de Assuntos Econômicos e membro da Comissão Permanente de Assuntos Sociais.

Assumiu a vice-presidência, em 2003, discordando dentro do governo contra a política econômica de juros altos do ministro da Fazenda Antônio Palocci.

A partir de 2004, acumulou à vice-presidência o cargo de ministro da Defesa. Alencar demonstrou-se contrariado por estar em um cargo tão diferente dos seus conhecimentos empresariais. Por pedido do presidente Lula, no entanto, permaneceu na pasta até 2006, quando renunciou para poder participar das eleições daquele ano.

O ex-vice-presidente, aos 79 anos, lutou por mais de uma década contra um câncer no intestino, sendo submetido a mais de dez cirurgias.

(Diário de Canoas)

Anúncios