Um dia depois de ter sido decretada a evacuação da central nuclear de Fukushima devido ao avistamento de fumo preto a sair de um dos reactores da central, esta quinta-feira, os funcionários regressaram ao trabalho tentando impedir que mais radiação contamine a atmosfera.

«Estamos a esforçar-nos para regressar aos trabalhos para minimizar ou mesmo impedir a emissão de radioactividade para a atmosfera», disse o responsável Yukio Edano, acrescentando que neste momento «não podem ser muito optimistas» e que neste momento estão a sere levadas a cabo «medidas preventivas».

Um fórum japonês de energia nuclear declarou, esta quinta-feira que, apesar de ter sido noticiado que o reactor número três estava danificado, a verdade é que nada aponta nesse sentido.

Estas boas notícias surgem no mesmo dia em que o fumo deixou de ser expelido do reactor, segundo Hidehiko Nishiyama, um responsável da Industrial nuclear japonesa.

A causa que levou o fumo preto a sair do reactor continua, ainda, desconhecida.

Na passada quarta-feira, o dia em que o fumo preto foi visto a sair do reactor número três, Yukio Edano, declarou que três funcionários da Central Nuclear de Fukushima foram expostos a água contaminada por material radioactivo.

(Portal A Bola)