O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira, sem restrições, o pedido de teste de compartilhamento de caixas eletrônicos entre os bancos  Banco do Brasil (BB), Bradesco e Santander.

Segundo a assessoria do Cade, o teste vai abranger cerca de 600 terminais em todo o País. Ainda segundo o órgão, ainda não há detalhes de operacionalização do projeto porque o contrato ainda não foi assinado.

O compartilhamento definitivo das redes terá que ser objeto de um novo pedido ao conselho. Se o compartilhamento passar a valer em todo o país, os clientes das três instituições terão acesso a cerca de 11 mil terminais espalhados pelo país.

“Trata-se de um processo que visa ampliar a disponibilidade de máquinas aos clientes”, afirmou o Bradesco em nota.

Paulo Rogério Caffarelli, vice-presidente de negócios de varejo do BB, disse que a intenção é que toda a rede de terminais externos dos três bancos esteja integrada até o final do ano. “São dois os principais objetivos: levar conveniência e comodidade aos clientes e aumentar a eficicência operacianal com a redução das despesas”, disse.

Segundo Caffarelli, a idéia no futuro é criar uma marca neutra nos terminais compartilhados e migrar caixas eletrônicos de locais onde BB, Bradesco e Santander estejam presentes para outros pontos.

O Santander, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que não vai comentar o assunto.

(Portal G1)