O filme “O Discurso do Rei” levou o Oscar de melhor filme deste ano.

Apesar de ter ganhado o principal prêmio da noite, a produção saiu com apenas quatro estatuetas.

Além do Oscar de filme, ganhou ainda roteiro original, diretor (Tom Hooper) e ator (Colin Firth).

“A Origem”, que não estava entre os favoritos, também ficou com quatro prêmios: fotografia, mixagem de som, edição de som e efeitos visuais. Mas eles são considerados “menores” por serem técnicos.

Já “A Rede Social”, considerado o principal concorrente de “O Discurso do Rei”, ficou com três prêmios: roteiro adaptado, trilha sonora e montagem.

Natalie Portman venceu o único prêmio de “Cisne Negro”. Era considerada a favorita.

As categorias de ator e atriz coadjuvante ficaram com o prêmio “O Vencedor”, para os atores Christian Bale e Melissa Leo.

“Toy Story 3” ganhou como melhor animação e canção original.

“Bravura Indômita” se destacou por ter sido indicado a dez prêmios e não levado nenhum.

Anunciada pelo diretor Steven Spielberg, a categoria filme era disputada ainda por “Minhas Mães e Meu Pai”, “127 Horas” e “Inverno da Alma”.

(Folha Online)

Anúncios