Que Olinda que nada! Está cheio de gente do Brasil inteiro vindo passar o Carnaval em Fortaleza mesmo. A Capital é a opção de quem quer distância da muvuca do feriadão, mas de quem não dispensa uma boa programação. Segundo a Associação Brasileira de Hotéis do Ceará (ABIH-CE), 94% dos 26 mil leitos da cidade já estão reservados para o período. 

De acordo com o presidente da ABIH-CE, Régis Medeiros, o levantamento feito nos hotéis neste ano revela que 24.440 leitos estão reservados para o Carnaval, o número é 94% do total. “Essa é a expectativa, nem sempre a reserva se cumpre”, ressalta Medeiros. No ano passado, a ocupação hoteleira ficou em 90%.

O presidente da ABIH-CE afirma que o crescimento do número de turistas no período festivo se explica tanto pela melhor condição da renda da família média brasileira quanto pela maior divulgação dos hotéis de Fortaleza nos eventos de turismo Brasil afora.

Segundo Medeiros, o maior estado emissor de turista é São Paulo, mas que tem muito ônibus vindo de outros estados do Nordeste.

A média é de 94% de ocupação hoteleira no Carnaval, mas alguns hotéis da orla marítima de Fortaleza estão com 100% das vagas reservadas. Hotel de três estrelas, o Villa Mayor não tem mais vaga, por exemplo. “Encerramos a última vaga em janeiro ainda”, afirma Gislaine Amaral, do departamentos de reservas do hotel.

No Hotel Luzeiros, cinco estrelas da Beira Mar, fechou as reservas para o Carnaval logo em dezembro. Todos os leitos, do mais barato (R$ 462) ao mais caro (R$ 2.016) estão reservados. “Os turistas passam uma semana, em média, chegando no sábado de Carnaval. Eles aproveitam a tranquilidade da Praia do Futuro e também os eventos que se consolidam no período”, diz Mosita Dantas, recepcionista. Mosita se refere aos shows do Aterrinho e aos blocos tradicionais nas ruas da cidade.

Até os resorts do litoral da Região Metropolitana estão lotados. Segundo a administração do Aquiraz Riviera, 100% dos leitos já estão ocupados e assim devem permanecer até o fim Carnaval. Logo após a Quarta-Feira de Cinzas, a ocupação cai 30%.

ENTENDA A NOTÍCIA

Apesar de os hoteleiros afirmarem que o turista que vem para cá não vem atrás de Carnaval, não se pode negar que os atrativos de shows e blocos nas ruas de Fortaleza contribuem e muito para o número cada vez maior de turistas por aqui.

NÚMEROS

26 MIL – É a quantidade de leitos totais disponíveis pelos hotéis de Fortaleza

(O Povo Online)

Anúncios