Murilo Zauith (DEM) foi eleito prefeito de Dourados (MS) neste domingo. Uma operação da Polícia Federal descobriu o envolvimento do ex-prefeito Ari Artuzi em um esquema de corrupção e, após ficar 93 dias preso, deve que ser substituído.

Zauith recebia apoio de 14 partidos – incluindo PT, PSDB e PMDB – e foi votado por quase 70 mil eleitores, o que corresponde a 80% dos votos válidos. Em segundo lugar, com 14%, ficou Geraldo Sales Ferreira (PSDC). Na corrida pelo comando a prefeitura, também estavam Genival Valeretto (PMN) e José de Araújo Oliveira (PSOL). Foi registrada abstenção de 27,4%.

O prefeito eleito tem 61 anos e em 1993 ocupou a secretaria de Planejamento de Dourados. Ele também já foi duas vezes deputado estadual e uma federal.

(Portal do Sidney Rezende)