A Polícia do Rio de Janeiro realizou uma megaoperação para ocupar nove comunidades que ficam na região central da capital fluminense, na manhã deste domingo. Menos de duas horas após a entrada dos policiais nas favelas já foi anunciada a ocupação completa do local sem nenhuma troca de tiros.

A ação policial começou com cerco de 48 pontos entorno das favelas, por volta das 4h. Já às 6h os primeiros homens começaram a entrar nos morros  São Carlos, Zinco, Querosene, Mineira, Coroa, Fallet, Fogueteiro, Escondidinho e Prazeres.

Os blindados da Marinha e o novo helicóptero blindado da Polícia, batizado de “Caveirão Aéreo”, deram apoio a operação.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, ao todo, são 380 agentes da Polícia Militar; 189, da Polícia Civil; 103, da Polícia Federal; e 24, da Polícia Rodoviária Federal que participam desta ação. Além disso, a Marinha reforça a megaoperação com 150 fuzileiros navais e 21 blindados.

A expectativa do governo é que as três novas Unidades  Polícia Pacificadora (UPP) sejam instaladas até meados do ano de 2011. As novas UPPs devem beneficiar cerca de 520 mil pessoas que vivem em 17 bairros do entorno. A previsão é que 630 policiais integrem as unidades.

(Portal do Sidney Rezende)