O saldo de empregos de janeiro a dezembro de 2010 é de pouco mais de 2,5 milhões. O número ficou dentro da meta estabelecida pelo governo para o período. A informação foi divulgada nesta terça-feira (18) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Em dezembro, foram admitidos 1.230.563 e demitidos 1.638.073, totalizando 407.510 vagas fechadas.

Todavia, dezembro de 2010 registrou queda de 407.510 empregos formais. No total, foram criados 2.136.947 empregos.

Os setores que apresentaram elevação no nível de emprego foram comércio (14.411) e serviços industriais de utilidade pública (557). A indústria de transformação foi o setor que apresentou a maior perda de postos de trabalho (152.987).

Os estados em geral apresentaram queda na criação de empregos. As maiores perdas se deram em São Paulo (159.579) e Minas Gerais (50.797).

Com informações da Agência Brasil