O número de mortos por conta da enxurrada que destruiu municípios da região serrana do Rio de Janeiro subiu para 542 no fim da manhã desta sexta-feira.

De acordo com o último levantamento da Defesa Civil, são 246 vítimas em Nova Friburgo, 229 em Teresópolis, 41 em Petrópolis, 20 em Sumidouro e seis em São José do Vale do Rio Preto.

Em Teresópolis, a prefeitura confirmou um assalto a uma loja do centro da cidade, mas descarta onda de violência.

Nova Friburgo tem agora um hospital de campanha com capacidade para até 300 pessoas e leito cirúrgico. Mais cedo, um boato sobre o rompimento da represa da cidade provocou pânico. A prefeitura desmentiu o acidente.

A Federação dos Bancos recomenda que não sejam cobradas multas de contas vencidas de moradores da região afetada. Devem entrar na lista os boletos de água, luz, telefone e IPTU.

Redator: Roberto Saraiva– EBand)

Anúncios