O Ministério da Educação (MEC) divulgou na tarde desta sexta-feira, 14, as notas mínimas e máxima tirada pelos candidatos nas provas do Enem 2010. Confira:

Ciências humanas
Nota mínima: 265,1
Nota máxima: 883,7

Ciências da natureza
Nota mínima: 297,3
Nota máxima: 844,7

Linguagens e códigos
Nota mínima: 254
Nota máxima: 810,1

Matemática
Nota mínima: 313,4
Nota máxima: 973,2

Cada prova tem 45 questões de múltipla escolha e as notas são calculadas usando a Teoria da Resposta ao Item (TRI), um modelo matemática que permite comparar provas diferentes.

Para consultar seu desempenho no Enem, os estudantes devem acessar o site do Inep, informando número de inscrição ou CPF e senha. Alguns candidatos têm relatado dificuldades em fazer login no sistema. Eles não conseguem recuperar a senha. Também há casos de alunos que tiveram a redação anulada e acusam o MEC de erro.

Veja também:

MEC divulga resultados do Enem 2010

Inscrições para o Sisu serão abertas no domingo

Estudantes não conseguem acessar sistema do Enem

Estudantes relatam problema com resultado de redação

Em 1h, 0800 do Inep só atende uma vez

Envie suas dúvidas e perguntas sobre o Enem

Cálculo da nota

 

A metodologia adotada no Enem é a da Teoria da Resposta ao Item (TRI), um modelo que atribui pesos diferentes às questões em função do número de erros e acertos obtidos pelos candidatos. Por exemplo: se um item teve alto índice de acertos, valerá menos pontos. Mas se poucos alunos marcaram a resposta correta, a questão valerá mais pontos para aqueles que tiveram acertado. Por essa razão, pessoas que acertam o mesmo número absoluto de itens podem obter médias diferentes.

Ao contrário das provas tradicionais, na TRI não existe um valor pré-fixado para uma questão nem um escala com o máximo e o mínimo de pontos que o candidato pode obter no Enem. Para saber se foi bem ou mal, o candidato precisa comparar seus resultados em uma escala que varia em cada uma das provas. Ela é composta a partir da nota mais baixa e a mais alta obtidas pelos participantes em cada um dos testes (ciências da natureza, humanas, linguagens e matemática).

Os estudantes podem consultar as suas notas no site do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), informando seu CPF e senha. A nota das provas objetivas é calculada utilizando a Teoria de Resposta ao Item (TRI), que permite a comparabilidade entre provas diferentes.

Inscrições para o SiSU
As inscrições para a primeira edição de 2011 do SiSU poderão ser feitas entre este domingo (16) e a próxima terça-feira (18), sempre das 6h às 23h59 (horário de Brasília). Pelo sistema, os estudantes que fizeram o Enem 2010 podem concorrer a 83.125 vagas em 83 instituições públicas de ensino superior.

As regiões Sudeste e Nordeste têm o maior número de vagas do SiSU. Do total de 83.125 vagas, 26.641 (32,05%) estão nos estados do Sudeste e 25.077 (30,17%) estão no Nordeste. Depois, vêm Sul, com 15.001 vagas (18,05%), Centro-Oeste, 12.201 (14,68%), e Norte, 4.205 (5,05%).

As vagas estão divididas entre universidades federais, com 62.076 vagas, institutos federais de educação tecnológica, com 16.879 vagas, universidades estaduais, com 4.050 vagas, e a Escola Nacional de Ciências Estatísticas, no Rio de Janeiro, com 120 vagas.

(Portal G1 e Portal Último Segundo)

Anúncios