RIO – O Santander Universidades inicia as inscrições para os programas de bolsas deste ano, que prevê beneficiar mais de 750 estudantes e professores brasileiros com intercâmbios nacionais e internacionais até dezembro.

– Acreditamos que o intercâmbio auxilia o aluno em sua formação e contribui para que se sinta ainda mais preparado – afirma Jamil Hannouche, Diretor do Santander Universidades no Brasil.

Nesta sexta-feira (7), os alunos já selecionado pelo programa – 54 alunos e professores e 30 militares – embarcam para estudar durante três semanas na Universidade de Salamanca, na Espanha. Estudantes e professores de 14 universidades brasileiras públicas e privadas, contemplados pelo programa Top España. Eles terão a oportunidade de estudar a língua e cultura do país. Além disso, pela primeira vez, 30 militares das três academias das Forças Armadas – Escola Naval (EN), Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e Academia da Força Aérea (AFA) – também embarcam para o país ibérico.

Além das três Academias, as universidades participantes são: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Centro Paula Souza, Universidade Metodista, Complexo Educacional FMU, Universidade Tiradentes (UNIT), Universidade São Judas Tadeu (USJT), Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Universidade Potiguar (UNP), Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran), e Uninove.

Desde a criação do Santander Universidades, em 1996, foram investidos mais de 2 bilhões de reais e concedidas mais de 70 mil bolsas de estudos em 20 países. Para os próximos cinco anos foi anunciado um investimento de mais de 600 milhões de euros destinados a projetos universitários e a convênios com universidades.

(O Globo Online)

Anúncios