A equipe de reportagem do programa Barra Pesada flagrou uma casa de prostituição no Centro de Fortaleza. O estabelecimento que favorece o comércio do sexo chama-se Gata Garota. A entrada é gratuita.

De acordo com a coordenadora do Escritório de Combate ao Tráfico de Seres Humanos, Eliane Marques, a boate não pode funcionar.  A pena para quem manter estes estabelecimentos varia de dois a cinco anos de prisão, além de multa. “Vamos tomar todas as providências cabíveis neste caso. Nada vai ficar em pune”, afirmou.

Confira a reportagem do Barra Pesada:

(Jangadeiro Online)