O presidente Lula anunciou, nesta quarta-feira, 29, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém, que Sérgio Gabrielli continuará à frente da Petrobras. Foi durante o lançamento da pedra fundamental da refinaria premium do Ceará, em ato no Complexo Industrial e Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza).

Em discurso, Lula falou que não poderia deixar de cumprir o compromisso  de lançar a refinaria antes de entregar a faixa presidencial. “Eu precisava voltar ao Ceará para assumir com o governador Cid, com o companheiro Gabrielli, com o povo do Ceará e do Brasil, o compromisso de que finalmente o Ceará terá a tão sonhada refinaria que tanta gente prometeu e não conseguiu fazer”, disse o Lula. Ele acionou a sonda do terreno nesta manhã, dando início simbolicamente ao processo.

Na mesma ocasião, o governador Cid Gomes discursou agradecendo apoio de Lula a vários projetos que estão sendo implantados no Ceará, destacando o “Minha Casa Minha Vida” que, por meio da Urban Construções, será firmado nesta quarta-feira e se constituirá como o maior pacote do programa no País. No evento do Pecém, Lula e Cid Gomes também assinarão  a Ordem de Serviço para a construção de 6.986 casas para o Ceará. Segundo a assessoria do governador, as 6.986 casas do Minha Casa Minha Vida receberão investimentos de R$ 308 milhões.

Lula deveria ter inaugurado, por meio de videoconferência, a barragem Taquara,  em Cariré, durante visita ao Pecém. O compromisso deve ficar para Dilma Rousseff. Houve apenas uma solenidade no local, para formalizar a entrega. A obra foi construída pelo DNOCS com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Pela manhã, Lula tomou café com o Governador Cid Gomes em um hotel e concedeu entrevista. Do Ceará, o presidente Lula segue para Salvador.

Lula faz sua ultima visita ao Ceará, em clima de festa, e acompanhado por vários parlamentares federais. O ato conta com a presença também de membros da comunidade indígena Anacê, dona das terras onde o Governo quer instalar a futura refinaria. De concreto, a possibilidade de mudança da localização.

(O Povo ONline)

Anúncios