O dilema é sempre o mesmo: chegam as férias e a criatividade dos pais é posta em prova ao eleger as opções de lazer para as crianças. Para fugir de atividades óbvias, a cidade convida a conhecê-la melhor, aliando o lazer das crianças (e dos pais) com programas culturais de qualidade, muitas vezes, de graça.

A psicóloga Rosane Maneira da Rocha comenta que o período das férias é para sair da rotina, deixar as atividades escolares na gaveta. E também dá um recado para os pais: mesmo que trabalhem nesse período, aproveitem o tempo que estiverem com elas com qualidade, ouvindo e participando ativamente do lazer dos filhos.

Celulares, computadores e amigos adultos ficam proibidos. Além de atividades focadas na diversão, a psicóloga lembra que o ócio também é necessário, pois as crianças criam e constroem a diversão através dessa liberdade. Passar as férias em frente à televisão ou em centros comerciais enclausurantes não é o ideal.

O Centro Dragão do Mar, que reúne cinemas, teatros, museus e bares já tem um lugar cativo em sua programação para as crianças. No amplo espaço do complexo as crianças podem assistir a peças de teatro, exibições no planetário, além de terem a sua disposição o espaço da Praça Verde, das 16h às 19 horas do domingo, com brincadeiras especialmente pensadas para o exercício da criatividade.


Para aqueles mais saudosos sobre a infância de outrora, levá-los para locais com muito espaço e área verde pode ser mais uma maneira de movimentar corpo e alma. Uma boa opção é a Casa José de Alencar, que além de ser palco de parte da história do escritor cearense, reunindo painéis sobre a vida e obra do autor de Iracema, conta com amplo espaço para brincadeiras. Ainda tem a opção do restaurante Iracema, localizado na mesma área e dedicado à cozinha da terrinha, tem apresentações de chorinho aos sábados e forró pé de serra aos domingos, sempre das 12h às 15 horas para o descanso, principalmente dos pais.

Outra atividade ao ar livre com sabor especial é realizar um piquenique com a família e os amigos. Para tornar esse momento ainda mais interessante, o projeto Percursos Urbanos desse sábado é com essa temática. Um convite para que o público leve sua cesta e lanches em um piquenique coletivo em Maranguape. A saída é às 15 horas do Centro Cultural Banco do Nordeste. E todos os domingos, a partir das 9h, o Passeio Público e as sombras de suas árvores convidam para um piquenique recheado com apresentações artísticas.

(Samaisa dos Anjos – O Povo Online)