Os sete integrantes de uma quadrilha responsável por assaltos a bancos em Fortaleza praticaram pelo menos 29 ações violentas contra agências bancárias ao longo deste ano, segundo informou na tarde desta quinta-feira, 16, o chefe da Operação Dezoito da Polícia Federal, delegado Francisco de Assis Castro Bonfim.

A quadrilha seria responsável ainda pela morte de um policial militar assassinado a tiros em frente a um posto da Sefaz, em 29 de outubro deste ano; e pelo assassinato de um segundo PM que teve a viatura metralhada no município de Novo Oriente, em 30 de agosto de 2010.

Entre os presos está um policial militar, suspeito de facilitar a fuga dos assaltantes durantes as ações. Ao todo, foram cumpridos nove mandados de prisão, de um total de 18 expedidos pela Polícia Federal.

Durante toda a operação foram presos José Luís Mateus do Nascimento, Rone Weligton Rabelo do Nascimento, Edilbertto Oliveira Silva, Cristiano da Silva, Nazareno Pereira dos Santos, Ricardo Oliveira Silva, Francisco Tairone e José Ribamar da Silva – este último é policial militar e seria responsável por transportar as armas usadas nos assaltos.

Segundo a PF, dos nove mandados, dois haviam sido cumpridos há um mês, quando a operação foi deflagrada, após dois meses de investigações.

(O Povo Online)

Anúncios