RIO – A Polícia Federal (PF) multou oito bancos em R$ 2,24 milhões por descumprimento da lei federal nº 7.102/83, que dispõe sobre normas de segurança. As penalidades foram aplicadas durante a 88ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada (CCASP) do Ministério da Justiça, sob coordenação da PF, realizada última terça-feira, em Brasília.

Foram julgados 297 processos envolvendo bancos, sendo aplicadas 184 multas. Na maioria dos casos, as instituições financeiras foram punidas por problemas em relação à validade do plano de segurança de agências e postos, número insuficiente de vigilantes, falhas no sistema de alarme e transporte ilegal de valores efetuados por bancários.

– Os bancos preferem descumprir leis e normas e pagar uma série de multas do que aumentar os investimentos em medidas eficazes e equipamentos preventivos para evitar assaltos e sequestros – criticou o secretário de imprensa da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Ademir Wiederkehr.

Os bancos multados:

Banco do Brasil – R$ 523.644

Itaú Unibanco – R$ 483.536

Caixa Econômica Federal – R$ 426.474

Santander – R$ 379.834

Bradesco – R$ 307.932

HSBC – R$ 65.366

Mercantil – R$ 42.400

Citibank – R$ 14.134

(O Globo Online)

Anúncios