O Facebook está de cara lavada. Como já vem sendo hábito, a rede social voltou a introduzir alterações nas páginas pessoais, levando, desta feita, a uma reformulação da página individual do utilizador.

Com o novo formato, a página passa a ter, no topo, informações gerais como a entidade empregadora, a data de nascimento ou quantas línguas fala o utilizador. Por baixo, uma selecção das fotografias mais recentes que tenha colocado no seu perfil. As opções de enviar uma mensagem privada ou “dar um toque” aparecem, agora, destacadas, também no topo do perfil.

As opções de partilha também estão ligeiramente diferentes. À semelhança do que já acontecia nos renovados Facebook Groups, agora, escolhe logo o tipo de partilha que quer efectuar: se quer mostrar uma foto nova, escrever um desabafo ou simplesmente partilhar um link, terá de seleccionar essa opção antes mesmo de começar a escrever.

Do lado esquerdo, por baixo da fotografia principal, um menu permite navegar pelo perfil: ver o que foi partilhado no mural, encontrar informações profissionais e interesses do dono do perfil, bem como os mais tradicionais álbuns de fotos ou lista de amigos. Relativamente ao último item da lista, é possível destacar relacionamentos significativos, dividindo os “amigos” por opções como “colegas da faculdade” ou “colegas do trabalho”, por exemplo.

As alterações foram apresentadas domingo de manhã e a apresentação “oficial” foi feita através do programa “60 Minutos” (a primeira parte aqui), onde Mark Zuckerberg explicou o intuito do novo perfil e falou um pouco sobre a história da rede social.

Se quiser experimentar o novo perfil ou obter mais informações sobre o mesmo, visite a página de apresentação da alteração.

(Jornal de Notícias)

Anúncios