As Forças Armadas e as polícias do Rio vão continuar ocupando o Conjunto de Favelas do Alemão até a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na comunidade. Segundo o governador Sérgio Cabral, isso deve acontecer no primeiro semestre de 2011.

A afirmação foi feita na manhã desta segunda-feira (29) durante a abertura do Fórum sobre Infraestrutura da Olimpíada Rio 2016, em Copacabana. Para o governador, tanto o Alemão quanto a Vila Cruzeiro devem ter UPPs “nos primeiros seis ou sete meses” do próximo ano.

De acordo com o governador, no entanto, essas não vão ser as próximas unidades a serem instaladas. “Como sempre, desde começamos, não podemos antecipar. O que eu posso falar é que instalamos amanhã a UPP Morro dos Macacos. Iremos, em seguida, para as comunidaes da região do Lins de Vasconcelos, como Morro São João, Morro Quieto e outros próximos. Todos eles serão as próximas a serem ocupadas pelo Bope e, em seguida, instaslando a UPP. A cronologia e estratégia permanecem as mesmas”, disse Cabral.

egundo Cabral, a permanência de homens do Exército já está combinada com as Forças Armadas. “Estamos na fase de preparação da estratégia técnica, o que não passa por mim, passa pelo secretário Mariano Beltrame e pelos oficiais militares do Ministério da Defesa. Isso está sendo feito desde de ontem para que [a comunidade] tenha paz, tranquilidade e a garantia dessa transição para a UPP”.

“As reconquistas dos territórios tanto da Vila Cruzeiro quanto do Alemão já foram efetivadas e agora são os próximos passos. Esse é um processo e nós não vamos dormir nos louros daconquista de ontem [domingo, 28]”, afirmou o governador.

(Portal udo Agora)

Anúncios