RIO – Segundo informa a agência Lancepress, a cidade de Natal corre risco de não ser mais uma das sedes da Copa de 2014. Isso porque o Estádio das Dunas pode não sair do papel e o Rio Grande do Norte não tem outra alternativa, pelo menos por enquanto. Na quarta-feira, nenhuma das cinco empresas concorrentes compareceu à licitação da Parceria Público Privada (PPP) para as obras no estádio.

– Foi uma grande surpresa. Sinceramente, não esperava que isso fosse acontecer. E confesso que não temos um plano B – disse Fernando Fernandes, gestor do Mundial em Natal. – Vou comunicar o ocorrido ao governador, à governadora eleita e à prefeita para que possamos resolver a questão. Agora, não se trata mais de reuniões técnicas, mas políticas, envolvendo as autoridades do Estado e do Município – explicou.

Segundo Fernandes, a PPP é mesmo a melhor alternativa para a construção.

– Como o orçamento para 2011 não contempla uma obra tão cara, acho difícil o governo assumir sozinho a construção de um estádio – disse.

(O Globo)