O Banco do Brasil contabilizou no terceiro trimestre deste ano lucro líquido 32,7% superior ao mesmo período do ano passado, informou a instituição nesta terça-feira, 16.

O BB teve lucro líquido de R$ 2,625 bilhões, e no ano já acumula R$ 7,7 bilhões. O lucro líquido nos nove primeiros meses do ano é 28,5% maior do que o registrado de janeiro a setembro de 2009. Os ativos do banco chegaram a R$ 796,8 bilhões, aumento de 16,2% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado e de 5,4% em relação ao segundo trimestre deste ano.

Ainda assim, mesmo com queda de 4,1% em relação aos três meses anteriores, o maior lucro no trimestre foi o do Itaú Unibanco, com R$ 3 bilhões. O Bradesco teve lucro de R$ 2,52 bilhões e o Santander fechou setembro com R$ 1,93 bilhões.

Crédito

A carteira de crédito do BB aumentou 21,1%, atingindo os R$ 365,1 bilhões nos últimos 12 meses. De julho a setembro, avançou 4,4%, com “destaque para operações de financiamento a veículos que registram crescimento de 11,1% no trimestre”, segundo informou o banco em nota.

O crédito para empresas cresceu 3,6% no trimestre e para a pessoa física aumentou 6,2%. Já a emissão de recursos para empreendimentos mobiliários quase dobrou nos últimos 12 meses, apresentando incremento de 90,2%; no trimestre o incremento foi de 31,4%.

A inadimplência para operações de crédito com prazo de 90 dias vencidas ficou em 2,7%.

(Redação: Helton Simões Gomes – Portal Eband)