O Guarany de Sobral (CE) é campeão do Brasileiro da Série D, a quarta divisão nacional. Jogando na tarde deste domingo, no Estádio do Junco, em Sobral, no Ceará, o time da casa não tomou conhecimento do América-AM e o goleou por 4 a 1. Este feito é inédito, uma vez que o time de Sobral é o primeiro clube cearense a conquistar um título de nível Nacional.

Na primeira partida, realizada em Santarém, no Pará, os dois times acabaram empatando por 1 a 1. Além dos dois finalistas, garantiram o acesso para a Série C, em 2011, o Madureira-RJ e o Araguaína-TO, outros dois semifinalistas.

Torcedores de Sobral em festa

América é punido pela CBF – O América-AM foi punido na sexta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), com a perda de três pontos, por relacionar o zagueiro Fofão para a partida de volta das semifinais contra o Madureira-RJ, em que o time amazonense venceu por 2 a 0.

O time manaura entrou com recurso, mesmo porque se for punido pode até ser eliminado da competição. Na defesa do América, o advogado Osvaldo Sestário garantiu que o clube não agiu de má fé e se atrapalhou nas contagens dos cartões. Mas, isto não adiantou em nada. Todos os auditores presentes votaram em punir o clube com a perda de três pontos nas semifinais.

Pitbull com fome de gols – A partida começou com o time visitante tomando a iniciativa. Logo aos quatro minutos, após cruzamento de Catatau, a zaga do Guarany-CE se antecipou ao atacante Ivan e mandou a bola para longe da área. Respondendo na partida, o time da casa chegou com perigo somente aos 20 minutos. Após jogada individual de Thiago Granja, Catatau apareceu de surpresa e travou o chute do jogador.

Com toque rápidos no setor de meio-campo e apostando nas jogadas aéreas, o Guarany chegou aos 22 minutos ao seu primeiro gol. Após lançamento de Alberto, Danilo Pitbull invadiu a área e chutou na saída do goleiro para marcar seu gol na partida.

Mostrando superioridade em campo, seis minutos após ter marcado na partida, Pitbull apareceu livre na área, preferiu jogada individual e chutou para o gol. A bola tocou caprichosamente a trave do goleiro Naylson.

Não demorou muito e o time da casa ampliou na partida. Aos 31 minutos, após cobrança de escanteio de Alberto, Júnior Alves subiu mais que a zaga e cabeceou no ângulo do goleiro Naysol, sem chances de defesa. Buscando descontar na partida antes do final do primeiro tempo, o América-AM não conseguia passar pela boa defesa do Guarany e pela muralha chamada Vantuir.

Cacique do Vale levanta a taça – O América-AM voltou melhor para a segunda etapa e diminuiu o marcador logo aos quatro minutos. Após chute cruzado, o goleiro Vantuir espalmou a bola para o meio da área e Clailsson, livre, só empurrou para o fundo das redes.

Parece que o gol sofrido acordou o Guarany no jogo e sete minutos depois, os donos da casa ampliaram o marcador. Aos 11, Vanderlei aproveitou bate-rebate na área e chutou forte para o gol.

Como no primeiro tempo, o time de Sobral marcava muito forte a equipe adversária, e com toques rápidos chegava com mais perigo ao gol adversário. Em uma destas jogadas, o Guarany-CE ampliou. Aos 17 minutos, após grande passe da direita, Diones, que havia acabado de entrar na partida, chutou colocado para marcar o seu gol na partida.

O América-AM, cansado e demonstrando muita fragilidade na partida, não tinha forças para se recuperar dentro de campo. Assim, o time da cidade de Sobral segurou o resultado e esperou o apito final para comemorar o título.

Guarany-CE: Vantuir; Alberto, Tobias, Junior Alves, Clailsson; Ricardo Baiano, Carlos, Thiago Granja (Diones), Bismarck; Danilo Pitbull (Léo Olinda) e Vanderlei (Jean). Técnico: Oliveira Canindé.

América-AM: Naylson; Catatau, Guará, Santiago, Rondineli; Bigu, Batista, Cleyton, Luís; Felipe e Ivan (Edinho). Técnico: Sérgio Duarte.

Árbitro: Afonso Amorim de Sousa-PI.

Assistentes: Francisco Pereira de Lima Júnior-PI e Francisco Machado Gaspar-PI.

(Gazeta Web)