A primeira mulher eleita presidente do Brasil, Dilma Rousseff (PT), que obteve

56% dos votos do País, venceu em todos os sete estados nordestinos. No Maranhão, a petista liderou com 79% dos votos.

No entanto, foi no estado do Amazonas, na Região Norte, que Dilma obteve a maior porcentagem dos votos, chegando aos 80%.

Em 15 estados brasileiros – Amazonas, Pará, Amapá, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Aracaju, Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro – e no Distrito Federal, a presidente eleita venceu o candidato José Serra (PSDB), que obteve maioria nos outros 11 estados.

No Acre, que elegeu Tião Viana (PT) como governador no primeiro turno, o tucano registrou a maior porcentagem de votos contra Dilma: 69%. Neste estado, Serra era apoiado pelo candidato derrotado ao Governo do Estado, Tião Bocalom (PSDB).

Já no Ceará, mesmo com a abstenção de 23% dos eleitores, a petista alcançou 77% dos votos, 3% a menos do que esperava o governador reeleito no primeiro turno, Cid Gomes (PSB), que pretendia garantir para Dilma 80% dos votos dos cearenses.

(O Povo Online)

Anúncios