O presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, manifestou nesta segunda-feira a vontade de manter boas relações entre Irã e Brasil sob a presidência de Dilma Rousseff, em uma mensagem de felicitações à presidente eleita no domingo.

“As relações entre Irã e Brasil se desenvolveram nos últimos anos e estou convencido de que sob vossa presidência estas relações continuarão se aprofundando”, afirma Ahmedinejad na mensagem divulgada pela agência oficial Irna.

A cooperação entre a República Islâmica do Irã e o Brasil foi muito boa sob a presidência de [Luiz Inácio] Lula [da Silva] e trouxe benefícios apreciáveis a nível bilateral, regional e internacional”, destaca Ahmadinejad.

Apoiada por Lula, Dilma Rousseff, 62 anos, se tornou no domingo a primeira presidente eleita do Brasil.

As relações entre Irã e Brasil foram valorizadas durante o governo Lula.

O Brasil se envolveu com a Turquia na questão nuclear iraniana e apresentou uma proposta de acordo entre o Irã e as grandes potências para tirar a situação da crise.

As grandes potências ignoraram a proposta sobre uma troca de combustível nuclear.

Turquia e Brasil votaram em junho contra uma resolução do Conselho de Segurança da ONU apresentada pela grandes potências e que impõe novas sanções econômicas ao Irã por seu controverso programa nuclear.

(Folha Online)

Anúncios