Email usando declaração antiga da senadora e candidata derrotada do PV à Presidência, Marina Silva, provocou a fúria da ex-presidenciável.

Ao ser informada que militantes do PSDB divulgaram informação de que ela teria se posicionado em favor do candidato José Serra, Marina fez críticas duras à iniciativa. “Não usem meu nome para o vale-tudo eleitoral”, disse Marina, em nota distribuída na noite de ontem.

Segundo sua assessoria, um e-mail falso e um post do blog “Eu Vou de Serra 45” distribuiu declaração dada por ela ainda durante o primeiro turno. Na época, Marina disse que o “Brasil não pode ser entregue a quem não conhece”.

A nota publicada no blog “Eu Vou de Serra 45” diz: “Em campanha no Sul do País, a candidata Marina Silva, do PV, fez críticas em relação ao desconhecimento geral sobre a biografia da candidata do PT, Dilma Rousseff. Em café da manhã em Curitiba nesta terça-feira (26) com lideranças do PV paranaense, Marina pediu ao povo brasileiro que ‘pense duas vezes’ antes de fazer suas escolhas. ‘Que o povo brasileiro pense duas vezes antes de entregar o futuro do Brasil para quem não conhecemos direito’, disse ela.”

Marina repudiou o conteúdo do blog. “Infelizmente, muitos não aprenderam nada com os resultados das urnas e continuam a promover a política de mais baixo nível ao usar estratagemas banais para buscar votos”, declarou a senadora, via assessoria.

Na nota, Marina reforça que seu partido decidiu pela independência no segundo turno. “Estamos no fim do segundo turno e os brasileiros já tiveram acesso a muitas informações sobre os candidatos à Presidência. Não há mais desconhecidos. O eleitor vai às urnas consciente da sua escolha e não sujeitará a formação de sua opinião àqueles que usam artifícios ingênuos para distorcer a realidade”, afirmou Marina.

(O Povo Online)

Anúncios